AÇÃO DA POLÍCIA MILITAR EM BAILE FUNK RESULTA EM PRISÃO DE PESSOAS E APREENSÃO DE MENORES E DROGAS

Policiais Militares receberam uma denúncia anônima, na noite de domingo (21),

de que no bairro Tamanduá ocorria uma festa em um sítio, onde pessoas

usavam drogas e portavam armas de fogo. A Polícia Militar compareceu no

local e deparou-se com uma quantidade aproximada de 300 pessoas que, ao

visualizarem a chegada da polícia, tentaram evadir do local mas alguns foram

abordados. Ficou constatado que menores estavam usando drogas e bebidas

alcoólicas além de ouvir músicas ofensivas. Com o autor M.M.O. (20 anos) foi

encontrada uma bucha de maconha, com T.G.M.M. foi encontrada uma porção

de maconha, com M.H.L. (19 anos), foi encontrado um frasco de metal

contendo maconha e um celular, com H.R.O.S. (22 anos) foi encontrada a

quantia de R$1320,00 em dinheiro e com A.F.P.C. (22 anos), foi encontrada a

quantia de R$1252,00 e um celular. Na área externa do sítio foram encontradas

seis porções e um tablete de maconha, um coldre de arma de fogo, sete

frascos de Ledan e várias garrafas de bebidas alcoólicas. O proprietário do

sítio, F.G.F. (55 anos) disse que não organizou a festa e apenas alugou a sua

propriedade, contudo não havia nenhum documento que comprovasse a

locação. Ele foi preso, assim como o proprietário de uma caminhonete

(L.A.C.L. de 25 anos) que tocava um som automotivo que reproduzia músicas

ofensivas ao pudor e que incitavam a violência. Em decorrência da ação, dois

menores foram apreendidos e outros oito foram entregues ao Conselho Tutelar.

Os autores foram conduzidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil

com os materiais apreendidos.

 

POLÍCIA MILITAR PRENDE AUTOR DE AGRESSÃO E APREENDE ARMA

DE FOGO EM CAETANÓPOLIS

Na noite de domingo (21), por volta das 18 horas, policiais militares foram

acionados para atender uma ocorrência no Bairro Estrela Dalva, zona rural de

Caetanópolis. Segundo a vítima, de 17 anos, discutia com seu pai por ele não

concordar que fosse à igreja com um outro indivíduo, quando o pai desferiu um

golpe de pá na cabeça. O autor V.M.R (66 anos) disse que as discussões com

o seu filho são constantes. Quando V.M.R foi questionado acerca da possível

existência de uma arma de fogo em seu imóvel, ele entregou uma espingarda e

dois potes de pólvora. O autor foi preso e conduzido para a Delegacia de

Polícia Civil com os materiais apreendidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *