Emissoras de Rádio e TV transmitirão, ao vivo, a decisão da Copa Musirama Concretize

Os participantes da primeira edição da Copa Musirama Concretize terão várias formas de acompanhar a decisão do torneio, prevista para este domingo, às 10:30 da manhã na Arena do Jacaré, com portões abertos para o público. Quem não for ao estádio poderá acompanhar todos os detalhes pela Rede Padrão de Comunicação (Rádios Cultura e Musirama), ou pela TV Gerais de Paraopeba, também irá transmitir a partida em tempo real, pelo canal 56 UHF. O presidente da emissora, Humberto Fernandes, já confirmou que a transmissão será feita em função da participação do Tatuzão, time muito popular daquela cidade. Recentemente a TV também transmitiu jogos do Hermanos de Paraopeba, durante a disputa da Copa Eldorado.

A região de Paraopeba e Caetanópolis poderá acompanhar a final da Copa Musirama Concretize através da TV Gerais.
A região de Paraopeba e Caetanópolis poderá acompanhar a final da Copa Musirama Concretize através da TV Gerais.

Os torcedores terão a opção de chegar mais cedo ao estádio para acompanhar as partidas preliminares, envolvendo categorias de base: Às 8:30 jogarão as escolinhas da SMEL e às 9:30 será a vez dos garotos da APAE.

Na última segunda-feira à noite, na Arena do Jacaré, foram realizados os confrontos que apontaram os finalistas de domingo.

Na primeira partida o Tatuzão de Paraopeba eliminou o Ajax, vencendo por 4 x 2. Os gols foram de Vandinho, Gilmarzinho e Detroit (2) para a equipe de Paraopeba e Cobrinha e Ziel para o time do bairro Aeroporto.

Na segunda partida, o Ideal confirmou o favoritismo e venceu o Jacarezão por 3 x 0, com gols de Paulinho Guará (2) e Eduardo Boqueirão.

Cléber Ulisses de Paula apitou a primeira partida e foi auxiliado por Erik Vinícius e Admílson Moreira. No segundo jogo os assistentes foram mantidos e o árbitro central foi Bruno Emanuel.

Desde abril, quando começou o campeonato, 16 equipes participantes iniciaram a disputa pela conquista da primeira edição da Copa Musirama Concretize.

Bons públicos foram registrados ao longo de toda a competição e as partidas tiveram um excelente nível técnico. O torneio, esboçado aos moldes da categoria de veteranos, contou com atletas com idade mínima de 37 anos.

Ao longo do campeonato os estádios utilizados foram: Arena do Jacaré, Emílio de Vasconcelos Costa (Campo do Ideal), Santa Luzia (Campo do Bela Vista), Parque Náutico da Boa Vista, Jaime Domingos Rosa (Campo do Serrinha), João da Cunha (Campo do Eucalipal), Montreal, Padre Tarcízo (Campo do CAP) e Eldorado.

Seguem as principais estatísticas da competição:

Artilheiro: Paulinho Guará: 10 gols (Ideal).

Equipes com os melhores ataques: Ideal e Tatuzão (17 gols).

Equipe com a melhor defesa: Ideal (dois gols sofridos).

Equipes que ainda não perderam: Ideal e CAP (mesmo eliminado nos pênaltis, deixouo torneio sem perder nenhuma partida).

Equipes com as defesas mais vazadas: União Expresso (12 gols) e Santa Rosa (11 gols).

Total de gols marcados na Copa: 121 gols em 38 jogos. Média de 3,18 gols por partida.

Autor do 100º gol da Copa: Gílson Marques Barbosa (Criciúma, na última rodada da primeira fase).

O Tatuzão de Paraopeba fez grande campanha e se classificou para a grande final da primeira Copa Musirama Concretize.
O Tatuzão de Paraopeba fez grande campanha e se classificou para a grande final da primeira Copa Musirama Concretize.

Na reta final da competição, novamente se faz necessário reforçar o caráter social da Copa:Musirama Concretize: O projeto “Bom de bola, bom de sangue”, que consiste na doação de sangue ao Hemominas por parte dos atletas e demais envolvidos no meio esportivo, tem sido um grande sucesso. A cada 10 doadores comprovados, o clube que os indicou ganha uma bola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *