Fogo no entorno da Gruta Rei do Mato é finalmente debelado

Mais de 24 horas depois de iniciado, enfim, no início da tarde desta terça-feira, 11, o incêndio no entorno da Gruta Rei do Mato foi debelado. “Agora é contabilizar os prejuízos”, resigna-se a gerente do Monumento Natural Rei do Mato, Honorina Rocha.
Apesar de 45 voluntários, entre funcionários do monumento, bombeiros, brigadistas e até um helicóptero da Polícia Militar, terem ajudado no combate às chamas, segundo Honorina, o fogo seguiu noite a dentro. “Como o terreno é muito íngreme, não conseguimos chegar a uma área. Ficamos até 21h30 com quatro bombeiros”, lembra a gestora do espaço.
Ainda de acordo com Honorina, com a madrugada mais fria, o sereno ajudou a debelar os focos. “Hoje de manhã a brigada dos bombeiros fez rescaldo com 25 homens pra que o fogo não volte. Ontem estava ventando muito propiciando a propagação do fogo, além do dificil acesso”, recorda.
 
Criminoso
Para a gestora, trata-se de incêndio criminoso. “O fogo começou ao lado da 040, proximo ao posto Três Poderes, e foi até a MG-238, do outro lado. Foi criminoso, pois a pessoa saiu da rodovia e passou para dentro da unidade, do lado de cima do asseiro (espaço sem vegetação que evita a propagação do fogo para o outro lado)”, acusa.
Devido às chamas, a Gruta Rei do Mato permaneceu fechada ontem, mas hoje já retomou o acesso ao público. “Ainda não sabemos o que foi queimado, mas vamos medir a área afetada. Temos sete dias para apresentar este relatório”, conclui Honorina. Informações: (31) 3775-2695.
 
Armadilha
Durante os trabalhos de rescaldo, os bombeiros encontraram uma perigosa armadilha na mata, dentro da área da gruta. “Trata-se de uma armadilha artesanal. O meliante adaptou uma ratoeira comum a uma chapa e um cartucho de espingarda, de forma que quando o animal acionasse a ratoeira, o cartucho dispararia a bala calibre 28. À princípio para uso em animais. Imagine se um brigadista ou bombeiro acidentalmente acione esse sistema?”, disse um dos bombeiros em um vídeo divulgado pelo WhatsApp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *