Governo de Minas Gerais vai lançar +Artesanato durante feira nacional

Muitas novidades aguardam os visitantes da 28ª Feira Nacional de Artesanato (FNA), que vai ser realizada em da Belo Horizonte entre 5 e 10 de dezembro, no Expominas. A começar pelo lançamento da primeira política pública de artesanato da história de Minas Gerais: o +Artesanato. A iniciativa inédita vem para abraçar de vez umas das mais ricas tradições do estado, encontrada em todas as partes do território mineiro.

“O +Artesanato instituirá as diretrizes para o artesanato de Minas Gerais. Será a primeira vez no estado em que se pensará o artesanato como política pública para o artesão”, destaca o secretário de Estado de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif), Wadson Ribeiro.

O secretário ainda ressalta que, além do lançamento da política pública, a feira contará com outra novidade especial: o cadastramento de artesãos mineiros para obtenção da Carteira Nacional do Artesão. O cadastramento é o décimo quinto executado pela Seedif em Minas Gerais e pela primeira vez vai ser realizado durante a feira nacional (em todos os dias), mediante pré-agendamento.

A expectativa é de contemplar aproximadamente 50 entidades de artesãos, como associações, cooperativas, núcleos familiares, e mais de 80 artesãos individuais.

 

Ampla participação

A feira vai ocupar todo o pavilhão do Expominas com 1.200 estandes e terá a participação de 7 mil artesãos de todo o Brasil. Deste total, mais de mil são provenientes dos diversos territórios de desenvolvimento de Minas Gerais e terão a oportunidade de promover e comercializar seu artesanato por ação conjunta entre a Seedif e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG).

Eles terão a oportunidade de exibir e comercializar aproximadamente 15 mil peças e alcançar um faturamento estimado de R$ 700 mil.

O espaço destinado aos artesãos de Minas Gerais será de 850 metros quadrados e abarcará os estandes da Seedif, Sebrae-MG e do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Destaca-se, ainda, a presença de artesãos do exterior. Três países já confirmaram presenças: Turquia, Senegal e África do Sul.

 

A favor da sustentabilidade

O tema da Feira Nacional do Artesanato deste ano é “Resíduos – reutilizar, reduzir, reciclar”. Alinhada com o tema, a FNA deixará de produzir cerca de uma tonelada de lixo de papel, o que vinha acontecendo nos anos anteriores.

Produtos feitos a partir das técnicas de reutilização e de reciclagem, tema principal da feira, além de artesanato das tipologias tradicionais do estado, como cerâmica, madeira, fibras, ferro, fios e tecidos, comporão os espaços da FNA.

 

Artesanato inclusivo

Outra novidade da feira deste ano é a participação de detentas do Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, de Belo Horizonte, vinculado à Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), dentro do Projeto Linhas da Liberdade. Elas vão confeccionar um mega painel decorativo e poderão enviar produtos em crochê para serem vendidos.

“A participação das detentas acontece dentro do tema Reciclar, já que a palavra reciclar teria duplo sentido, tanto no reaproveitamento de tecidos, quanto no resgate da autoestima e preparação das mulheres para atuar no mercado tão logo cumpram suas penas”, enfatiza a presidente do Centro Cape – organização não governamental realizadora do evento, Tânia Machado.

A feira é uma realização do Centro Cape, em parceria o Sistema Sesi-Fiemg e Sesc, e conta com o apoio do Governo de Minas Gerais. Mais informações estão disponíveis em www.feiranacionaldeartesanato.com.br.

 

Ingressos gratuitos

Pela primeira vez, ingressos para servidores públicos serão disponibilizados, de forma gratuita, até o dia 4 de dezembro. Eles poderão retirar quatro convites por servidor. Clique aqui para retirar seu ingresso.

 

Serviço

28ª Feira Nacional de Artesanato

Data: 5 a 10 de dezembro de 2017

Local: Expominas, Belo Horizonte (Avenida Amazonas, 6.030 – Gameleira)

Horários:

Dia 5 de dezembro (exclusivo para lojistas) – 12h às 20h

Dia 6 e 7 de dezembro – 14h às 22h

Dia 8, 9 e 10 de dezembro – 10h às 22h

Ingressos: R$ 10 (6/12 e 7/12) e R$ 15 (8/12, 9/12 e 10/12)

Crianças de até 12 anos e pessoas acima de 60 anos têm entrada franca

 

15° Mutirão de Cadastramento do Artesão

Data: 5 a 10 de dezembro

Local: Expominas, Belo Horizonte (Avenida Amazonas, 6.030 – Gameleira) – Estande 58, entre as ruas C e D

Pré-agendamento: (31) 3915-3098 / 3915-2934

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *