Luta contra transfobia reúne três mil pessoas na VI Parada do Orgulho LGBT de Sete Lagoas

A luta contra a transfobia foi o tema em evidência na VI Parada do Orgulho LGBT de Sete Lagoas, no Parque Náutico da Lagoa da Boa Vista. O evento desse domingo (10), organizado pelo Movimento LGBT de Sete Lagoas, reuniu cerca de três mil pessoas na área de shows do parque. A parada encerrou as atividades da I Semana da Diversidade Sexual, que vinha sendo promovida desde o dia último dia 5 de setembro, com diversas ações pela cidade (saiba mais).

 

O evento contou com a presença de militantes da causa LGBT de todo o país. O prefeito Leone Maciel e alguns vereadores também estiveram presentes, assim como representantes de entidades civis e simpatizantes da causa. Nove performances foram apresentadas pelas artistas Bárbara Dias e Paola Venturyni.

 

Representação

 

O Movimento LGBT de Sete Lagoas foi fundado em setembro de 2012, mas atua desde 2009 na cidade. Preocupado com o cenário nacional de mortes de transexuais, a organização escolheu o tema “Não é preciso ser Trans pra lutar contra a Transfobia”, tanto para a Semana da Diversidade quanto para a parada deste ano.

 

Estatísticas

 

Uma reportagem publicada em mídia oficial do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (NUH), da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), apresenta dados de uma pesquisa da ONG Transgender Europe, uma rede europeia de organizações que apoiam os direitos da população transgênero. De acordo com a publicação, “de 2008 a 2014, 604 travestis e transexuais foram assassinadas no Brasil, que se tornou o país mais transfóbico do mundo”.

 

O NUH aponta, ainda, que o relatório sobre Violência Homofóbica no Brasil, publicado em 2012 pela Secretaria de Direitos Humanos, “registrou ao menos 3.084 denúncias de violações relacionadas à população LGBT, envolvendo 4.851 vítimas”.

Prefeitura Municipal

Prefeitura Municipal

Prefeitura de Sete Lagoas Praça Barão do Rio Branco, 16 Centro - Sete Lagoas - MG - CEP: 35700-029 Tel: (31) 3779-7000.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *