Projeto esportivo social, no Colégio Polivalente, envolve mais de 200 crianças e jovens

Um projeto que envolve centenas de crianças, adolescentes e adultos está fazendo a diferença na vida de muitas pessoas em Sete Lagoas! Professores e colaboradores, ligados à Escola Estadual Professor Rousset, estão trabalhando, de forma voluntária, num projeto que agrega a prática esportiva, a formação do cidadão e o acompanhamento no rendimento das atividades escolares daqueles que estudam na instituição.

Aulas de basquete, handebol e voleibol, em horários alternativos, têm sido cada vez mais freqüentes para esse grupo, que encontrou no esporte uma forma mais saudável e equilibrada de viver e conviver!

No comando do projeto de basquete, que se chama “Família Rousset”, está o desportista, professor e técnico, Gutemberg Faria, com ampla experiência nesta modalidade esportiva. Há 05 anos à frente do projeto, Gutemberg explica pontos importantes que têm sido desenvolvidos: O projeto do basquete começou com o objetivo de formar o cidadão. Apareceu a oportunidade de disputarmos os Jogos Escolares (Jesel) e também o Jemg, para representarmos a cidade. Já revelamos atletas até para o Minas Tênis Clube. Aqui priorizamos valores como: Educação, amizade, responsabilidade, disciplina e respeito. Os pais estão presentes o tempo todo, acompanhando o projeto e a desenvoltura dos atletas”.

Sobre o comportamento do grupo, dentro e fora de quadra, Gutemberg ressalta muitas coisas positivas: “Como o próprio nome diz, somos uma família, nos respeitamos demais. Muitos problemas extra quadra são solucionados dentro do grupo. Muitos problemas escolares e disciplinares são resolvidos através do nosso projeto. Acredito que conseguimos conscientizá-los quanto à importância da disciplina. O projeto acaba sendo uma extensão da escola no que diz respeito à formação dos alunos e dos cidadãos. Temos total apoio dos funcionários da escola, inclusive da Emilene dos Anjos, que é a diretora”.

Alguns bons frutos na esfera esportiva têm sido colhidos também: “Esse ano, na etapa de Arcos do Jemg, tivemos três atletas no Módulo II indicados para o Olímpico Clube, de Belo Horizonte. Wester Silva e Victor Sena foram incluídos na categoria sub-17 e Matheus Nogueira, na categoria sub-15. Em 2016, o Módulo I de basquete masculino foi vice campeão no torneio Regional e esse ano o Módulo II masculino foi terceiro colocado no Regional. Foram os melhores resultados da história do basquete de Sete Lagoas numa etapa Regional do Jemg”, salientou.

O Secretário Municipal de Esportes e Lazer, Marcelo Cooperseltta, visitou a Escola Professor Rousset, ou Colégio Polivalente, como também é conhecido, e ficou impressionado com a dedicação de todos: “É realmente um projeto maravilhoso. Temos que parabenizar os professores que trabalham de forma voluntária e ensinam fundamentos do esporte para tantas crianças e jovens. Além disso, estão contribuindo para a formação de novos cidadãos e ainda auxiliam no desenvolvimento escolar, ajudam em aspectos voltados para o controle da disciplina. Só podemos aplaudir e apoiar uma causa como essa. A Secretaria de Esportes está totalmente aberta para ajudar no que for preciso. É um dos projetos mais especiais que eu vi esse ano, desde que assumi a pasta do esporte”.

O Secretário de Esportes, Marcelo Cooperseltta, visitou o Colégio Polivalente e ficou impressionado com a eficiência do projeto social oferecido pela escola.
O Secretário de Esportes, Marcelo Cooperseltta, visitou o Colégio Polivalente e ficou impressionado com a eficiência do projeto social oferecido pela escola.

As aulas acontecem às terças e quintas-feiras, incluindo alunos e a comunidade em geral. Trata-se de um projeto social e todos os instrutores trabalham de forma voluntária. Os alunos com até 11 anos participam do mini basquete. Quem tem 12 anos ou mais e até adultos, que já estouraram a idade escolar, treinam o basquete convencional.

O handebol é mais uma vertente de sucesso desse projeto. Ele é coordenado pelo professor Jean Maurício, que inclusive é professor da escola. Para esta modalidade existem as categorias masculino, com aulas às segundas e quartas-feiras e feminino, com atividades às terças e quintas-feiras.

Existe ainda um projeto do voleibol. Na categoria masculina a coordenação é do Professor Fernando Belino. Já o feminino é comandado por Luiz Bueno. Futsal, xadrez e balé são outras atrações deste importante projeto social que engloba mais de 200 atletas e que tem perspectiva de crescimento ainda maior para os próximos meses!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *