Transporte coletivo metropolitano terá novas tarifas a partir do dia 1º de janeiro

A partir de zero hora da próxima segunda-feira, dia 1º de janeiro de 2018, as tarifas preponderantes do sistema de transporte coletivo metropolitano de Belo Horizonte, gerenciado pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais (Setop-MG), serão reajustadas em 3,09%. A resolução que trata do assunto será publicada no Minas Gerais deste sábado, dia 30 de dezembro.

Com isso, o valor das passagens do Sistema Move, que atende aos terminais de Morro Alto, São Benedito, Justinópolis, Vilarinho, São Gabriel, Bernardo Monteiro e Terminal Provisório Aarão Reis passam de R$ 4,85 para R$ 5,00. A tarifa é utilizada por 6,8 milhões de passageiros/mês, significando 39,1% do total que é de 17,485 milhões/mês.

O preço do óleo diesel, que seria um dos maiores vilões para o índice de reajuste deste ano, teve o seu impacto reduzido no reajuste com a edição, pelo governador Fernando Pimentel, do Decreto nº 47.316, de 28 de dezembro de 2017, publicado no diário oficial desta sexta-feira, que reduz o ICMS sobre óleo diesel para o transporte de passageiros de 15% para 4%, já a partir de 1º de janeiro de 2018.

Por outro lado, dez linhas, entre elas as que atendem a Igarapé e São Joaquim de Bicas, no valor de R$10,10, terão reajuste zero permanecendo com o mesmo valor. O índice médio do reajuste a vigorar a partir de 1º janeiro é de 3,40%.

As tarifas do sistema de transporte metropolitano são reajustadas anualmente em conformidade com o artigo 5º dos contratos de concessão assinados em março de 2008 pelo executivo estadual. Na composição do reajuste de 2017, as variáveis com maior impacto foram: veículos e pessoal.

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Setop
Telefone: (31) 3915-5995

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *