É hora de uma revolução de valores em Minas Gerais e no Brasil, afirma Dinis ao se filiar ao Solidariedade

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Dinis Pinheiro se filiou
ao partido Solidariedade, na última quinta-feira (22/03), durante evento em
Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Após assinar a ficha de
filiação, diante de cerca de 1.600 pessoas, de todas as regiões do Estado, Dinis
destacou que a população está cansada de discursos demagógicos e que já passou
da hora de ir para a prática.
“Quero me dedicar ao desenvolvimento social e econômico de Minas Gerais,
empregar meu trabalho em favor do Estado e dos mineiros. Minas Gerais não está
em um bom caminho, o Brasil também não está. Precisamos passar por uma
reforma revolucionária de nossas instituições. Essa crise é de valores e virtudes.
Precisamos de políticos que tenham vergonha na cara”, afirmou Dinis.
O ex-presidente da ALMG também enfatizou a grave situação em que o Estado se
encontra, com “rombo de R$ 8 bilhões nas contas públicas e R$ 15 bilhões na
previdência. Só na área da saúde, o atual Governo de Minas está devendo R$ 6
bilhões, sendo R$ 3 bilhões para os municípios e R$ 3 bilhões para os hospitais
filantrópicos, como Santas Casas. Os servidores não recebem em dia e o piso
salarial dos professores não é pago. Um verdadeiro retrocesso”.
De acordo com Dinis, para recuperar Minas Gerais “é preciso arrumar a casa,
revolucionar a educação, radicalizar na infraestrutura, perseguir o desenvolvimento
tecnológico e apresentar um projeto diferente, uma nova alternativa para os
mineiros. É hora de uma nova história, é hora de uma nova Minas Gerais. Vamos
reconstruir nosso Estado.”
O presidente nacional do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força,
destacou a filiação de Dinis ao partido. “Hoje, para nós, é um dia de muita
satisfação, Dinis, de você vir para o Solidariedade. Entrei aqui contigo, e vi o carinho
que essas pessoas têm contigo. Tenho aqui a esperança que você possa ser a
pessoa que resgate Minas Gerais. Vamos construir aqui uma alternativa para Minas
Gerais.”
Participaram do evento o presidente estadual do Solidariedade, deputado federal Zé
Silva, o fundador e secretário-geral do partido no Estado, Luiz Carlos Miranda, 286
prefeitos, 194 vice-prefeitos, 450 vereadores, o ex-governador Alberto Pinto Coelho,
15 deputados, além de ex-deputados, dezenas de ex-prefeitos, ex-vice- prefeitos, ex-
vereadores, lideranças e empresários, como o diretor-presidente da rede
Supermercados BH, Pedro Lourenço. Estiveram representados 374 municípios de
todas as regiões do Estado. Além dos filiados ao Solidariedade, lideranças de outros
seis partidos compareceram ao evento: DEM, MDB, PPS, PSD, PSDB e PTB.
Mulheres na política
Vera Lemos, que foi candidata, em 2016, pelo Solidariedade, à prefeitura de
Paracatu (Noroeste do Estado), e faz parte da Executiva Estadual do partido, disse

ser fundamental as mulheres ocuparem a política para ajudar na mudança que
Minas Gerais e o Brasil precisam.
“Dinis tem condições de sobra para ajudar a transformar a vida de todos os mineiros.
E quero dizer às mulheres, que ainda não venceram a barreira do medo, que ainda
não estão participando da política, podemos sim fazer uma história diferente. É por
isso que estamos com Dinis Pinheiro para mudarmos Minas Gerais”.
Percorrendo Minas Gerais

Desde o início de 2015, Dinis tem debatido ideias por todo o Estado. Nos últimos
três anos, o ex-presidente da ALMG visitou cerca de 500 municípios de Minas
Gerais. O objetivo das visitas é vivenciar de perto o dia a dia dos mineiros em cada
cidade e compreender as diversas particularidades de cada lugar do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *